Uruguay

Ei, queridos!
Com meu costumeiro atraso, posto umas coisinhas da minha mais recente viagem. Estive no Uruguai nos dias 6 a 11 de janeiro e foi perfeito.

Fiquei hospedada em Montevideo, num hotel bem bacana, o My Suites Boutique Hotel, que apresentou um bom custo benefício. Não curto hotel velho, com carpete (minha alergia ataca só de pensar na poeira) e esse é novo, com boas instações, atendimento bom e rápido (inclusive por e-mail) e bem localizado. Fiquei em Pocitos, uma praia linda, a duas quadras da orla em ruas muito agradáveis e seguras.

Meu primeiro passeio foi em Punta Del Este, cidade mega turística que fica a umas duas horas de Montevideo. A estrada é linda, bem conservada e pude aproveitar bem o trajeto. Por lá, fui em Punta Ballena, uma península antes de Punta Del Este, com muita praia, mansões e uma vista linda. Ainda deu para comprar artesanato local e pedras (amo!)

Fui à famosa Casa Pueblo também. Pensem numa mega casa, do tamanho de um condomínio, repleta obras de arte e com um estilo que lembra muito a Grécia. É lá. A Casa era do artista plástico Carlos Páez Vilaró. Lugar lindo para quem gosta de arte e da vista ao mar.

Almoçamos num restaurante bem legal chamado Los Caracoles. Recomendo pelo atendimento, localização, comida e ambiente. Rebati o calor com uma cerva mexicana, a Corona. Não conhecia ainda, foi indicação do garçom e amei.

Passei pela “La Mano”, a famosa escultura dos dedos que saem pela areia. Dei uns rolês na cidade e fui fazer compras na Tienda Magdalena. (Tienda é loja em espanhol). O bom da loja é que tem Tax Free. Eu sempre prefiro espancar no cartão de crédito nessas lojas do que em outras com preço menor, mas sem o recurso de restituição do imposto. (Basta levar os documentos dados pela loja ao guichê do Tax Free no aeroporto para ter a restituição do imposto pago na mercadoria. No aeroporto de Montevideo não peguei fila e a agente foi tranquila, ao contrário das minhas experiências no aeroporto de Lisboa).

Também visitei à zona rural do Uruguai para visitar a fazenda Lafaita – produtora de doces bem famosos por lá. Eu adoro conhecer qualquer buraco, sair dos destinos previsíveis e curti.

Estive em Colonia del Sacramento no segundo dia. A estrada é ainda mais bonita. A cidade me lembrou Tiradentes, embora seja cercada pelo mar. Tudo é lindo, romântico e de pedra. Vá de sapato baixo ou tênis. A cidade é repleta de pontos turísticos e dá para ir à pé um ao outro.

Deixei os últimos dias da viagem para explorar Montevideo. Aproveitei muito a proximidade da orla (coisa pela qual eu, 100% mineira, amo), para correr na rambla – nome espanhol das avenidas beira-mar. No verão de lá, dá para aproveitar bem o dia, pois o pôr do sol acontece por volta das nove e meia da noite (oi, noite¿). Depois que corria, batia meu bundão na praia ou em algum paredão de pedra para ver sol abaixar. Foi o que mais amei na viagem.

Com o Dólar e o Euro nas alturas, a época está ótima para conhecer países latinos. Já estou planejando o próximo destino novo. E na lista dos repetecos, certamente está Uruguai, que amei pacas.

Depois mostro as compras!

As pessoas por lá se despediam de mim me desejando sorte. Achei fofo e bem proprício ao início de ano. Deixo, então, meu beijo e um bocado de suerte a todos!

Felizes viagens, 2015!

IMG_4917 IMG_4939 IMG_4958 IMG_4961 IMG_4968 IMG_4977 IMG_4999 IMG_5001 IMG_5023 IMG_5026 IMG_5027 IMG_5030 IMG_5039 IMG_5043 IMG_5102 IMG_5122 IMG_5169 IMG_5186

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *